Monte Qingcheng

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Confucio.jpg Pastel de flango, né?

Este altigo foi fablicado na China e pode queblar a qualquer momento. O autor plovavelmente luta Kung Fu e tem uma pastelalia. Não estlague este altigo, pois Jackie Chan está de olho.


O Monte Qingcheng é mais uma montanha sagrada, louvada, fria, limpa e cheia de lutadores de Kung Fu em treinamento na China, próximo da cidade de Chengdu em Sichuan.

História[editar]

Acesso ao Monte Qingcheng.

Qingcheng tem uma grande importância para o taoísmo, uma vez que foi o local aonde Lao Zi virou eremita para escrever o I Ching. Séculos depois Qingcheng ficou sendo considerado mais um local sagrado chinês foi visitado pelo Mestre Xaolin que usou a tranquilidade do monte para abrir, hoje renomadas escolas de yoga, kung fu e meditação, vertentes do taoísmo.

O monte foi ainda local aonde o imperador Huangdi pegou febre amarela no séxulo -XXX, a doença se proliferou e contaminou todos os chineses, caracterizando-os hoje pela sua pele. Huangdi ficou eternamente conhecido como "O Imperador Amarelo".

Geografia[editar]

O Monte Qingcheng foi formado por Deus a 100 milhões de anos atrás no terceiro dia através de erupções vulcânicas previstas pelos geólogos, o complexo abrange 36 picas, rios gelados impróprios para banho e o famoso tédio bucólico absoluto chinês.

Como o monte é de difícil acesso, ele é bem preservado, pois os humanos ficam com preguiça de escalar aquilo tudo para desmatar.

Ver Artigo Principal[editar]

Este artigo é ridiculamente pequeno e imaturo.
Ajude esta porcaria a amadurecer!!