Deslistas:Cavernas de Morrowind

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
(Redirecionado de Ashmelech)
Ir para: navegação, pesquisa
Deslistas.gif

Este artigo é parte do Deslistas, o sumário livre de conteúdo.

Oblivionlogo.jpg Cavernas de Morrowind é sobre a série The Elder Scrolls...

...e vai te salvar sempre da morte.

Cuidado para não se perder em Morrowind no artigo.


331px-Longcat.jpg Prepare-se para ler:
Esse artigo é muuuuito grande e pode causar cegueira.
Pense duas vezes e não seja tão idiota antes de ler algo assim

As cavernas de Morrowind são pontos turísticos desta blasfêmia digital chamada de jogo. Ninguém sabe ao certo o porquê de várias delas terem portas feitas de papelão, mas a teoria mais aceita é a de que elas estão lá para não deixar os escondidos escravos fugirem.

Lista de cavernas[editar]

Não é pouca coisa não, nem nos Flintstones tem tanta caverna assim. Só com a letra "A" no início já tem umas vinte...

Abanabi[editar]

Só de ver a entrada, dá pra ver que é uma caverna muito interessante de se explorar

Cquote1.png Você quis dizer: Abana aqui Cquote2.png
Google sobre Abanabi

Abanabi é uma dessas cavernas que só tem tamanho mesmo, pois não tem mais nada além disso.

Será mesmo? Já foi dito acima que não tem nada. Bom... tem sim, mas é pouca coisa: na caverna, você pode encontrar um monte de jóias roubadas, roupas velhas e rasgadas, dorgas e ouro. Também tem dois livros com histórias de terror que são TL;DR.

Em Abanabi, tem algumas daedras fracas que podem ser facilmente vencidas com um golpe da Iron Dagger. Também há duas feiticeiras gostosas, a pena é que não dá pra comê-las, e elas atacam você quando te vêem.

Uma das feiticeiras gostosas possui uma espada rara chamada Chrysamere, que é poderosa. Mas o único jeito de conseguir essa espada é matando ela, e seria um sacrilégio matar uma gostosa, a não ser que você seja gay mesmo.

Abinabi[editar]

Além do fato de não ser interessante, ainda fica num lugar remoto e difícil de achar.

Cquote1.png Você quis dizer: Abanabi de novo? Cquote2.png
Google sobre Abinabi
Cquote1.png Você quis dizer: Acre Cquote2.png
Google sobre Abinabi

Não tem nada de interessante nessa caverna, mas se você quiser explorá-la, saiba que há muitos satanistas membros da Sixth House dentro dessa caverna.

A caverna é tão pequena e insignificante que, apesar de ser ocupada pela Sixth House, não tem nada. Não tem nem Dagoth próprio para vigiar e comandar os membros da caverna. Os Dreamers que vivem lá devem viver uma vida de eterna solidão e tédio, mas na verdade, eles ficam lá, fazendo rituais satânicos como comer carne humana podre e adorar ídolos de barro vermelho.

Fora isso, Abinabi não tem nada e é perda de tempo você explorar essa caverna. Mas você poderá roubar os ídolos de barro que os Dreamers adoram. Só não deixe o Templo ver isso, ou tu tá fodido.

Além do fato de não ser interessante e não ter nada, a caverna fica num lugar remoto, que é longe, difícil de se alcançar, e além disso a caverna não fica marcada em seu mapa. Só lembrando que esta seção é sobre uma das cavernas de Morrowind, não sobre o Acre. Até porque Abinabi existe, o Acre não.

Abernanit[editar]

Do lado de fora dá pra perceber que é uma caverna muito atrativa

Caverna onde você não encontrará nada a não ser alguns bandidos, doidinhos para massacrar algum idiota desavisado como você.

Esta caverna, literalmente, não tem nada além de um livrinho de histórias infantil, mas que pode ser útil para quem está aprendendo a cortar madeira. Fora isso, Abernanit é o lugar principal de uma quest onde uma garota retardada da raça Imperial foi raptada pelos bandidos que vivem aqui.

Fica perto de Gnaar Mok. Porém, assim como a maioria das outras cavernas, não vale a pena visitar.

Adanumuran[editar]

Esta caverna fica numa trilha. Seria melhor tu ir na trilha alternativa, que leva direto pra casa da vovó

Cquote1.png Você quis dizer: Bora no muro Cquote2.png
Google sobre Adanumuran

Típica caverna do jogo que não tem nada a não ser um bando de criminosos e alguns itens sem valor.

Na caverna, você irá encontrar 3 guerreiras gostosas e 2 caras que ficam lá, e passam os dias comendo as gostosas. Eles nunca saem de lá porque são procurados pela polícia de Morrowind. Então se você entrar na caverna e tiver a sorte de sair vivo, denuncie pro guarda mais próximo!

Também há animais selvagens nesta caverna, doidinhos pra te matar e te comer.

De itens lá, só tem um pedaço da bíblia satânica de Vivec. Também há um alaúde gordo, ou se você preferir, um violão obeso. Ele não vale nada, apesar de ser raro.

Durante a trilha para você ir para a casa da vovó, você encontrará 2 trilhas; Uma leva pra casa da vovó. A outra leva para essa caverna.

Addamasartus[editar]

Só o lado de fora da caverna mostra que é muito interessante explorá-la!

É uma armadilha para n00bs iniciantes, pois mesmo ficando ao lado da primeira cidade do jogo, não é recomendado visitá-la, a não ser que você seja um viciado no jogo e já tenha matado mais de mil.

Tem uma pobretona que vai lhe sugerir que você mate todos os bandidos desta caverna, pois eles estão causando problemas aos cidadãos de Seyda Neen. Mas na verdade, você deveria prestar atenção pra cor do cabelo dela, que mostra que ela não sabe do que está falando. Se você tentar entrar nessa caverna, não vai durar nem 3 segundos, principalmente com a mulher malvada que aparece logo na entrada.

Por dentro, a caverna parece com uma batedeira.

Há 3 criminosos lá dentro; 2 criminosas gostosas e 1 mago, que passam as noites tendo surubas nervosas com essas 2 criminosas, até o dia em que chegue algum idiota para que eles possam matar. Também tem um rato lá, que é o bichinho de estimação desses 3 criminosos. O coitado do rato não tem nada pra comer, nem pra fazer, então não se sabe como ele sobrevive nessa caverna.

Moon Sugar e Skooma também estão lá. Esses bandidos ficam cheirando essas porcarias todo dia para potencializar o prazer das surubas nervosas. Essas duas drogas funcionam até melhor que maconha. Só lembre que se você roubá-las, perderá o respeito dos maiores comerciantes de Morrowind, a não ser que tu se livre delas.

Três escravos muito furries estão presos numa cela dentro da caverna. A chave? Não me pergunte onde está.

Localização: fica coladinha com a cidade de Seyda Neen, a primeira cidade que você visita no jogo. Por isso foi dito acima que ela é uma armadilha pra noobs.

Aharnabi[editar]

Uma caverna com feiticeiros? Hum, muito suspeito!

Cquote1.png Você quis dizer: Aha, nabo! Cquote2.png
Google sobre Aharnabi

Aqui tem quatro feiticeiros que ficam fazendo surubas nervosas todos os dias (como você acha que eles passam o tempo?).

Um deles é procurado pela polícia de Morrowind, então tenha cuidado. Além deles, tem alguns demônios e peixes (ou os dois ao mesmo tempo, depende do seu nível de azar).

Também tem algumas poções satânicas, dois livros de histórias, aparelhos inúteis que não servem de nada (a não ser pra quem é alquimista) e algumas moedas que não dá pra usar nem pra comprar bala.

Aharunartus[editar]

Não parece uma caverna do Brasil no século XIX

Fica a oeste da cidade de Seyda Neen, muito, mas muito oeste, perto da península. Tanto é que esta caverna é cheia de caubóis.

Tem quatro escravos que fugiram do Brasil um pouco antes da instauração da Lei Áurea. Em uma side quest, Jesus Negão quer que você vá até a caverna e os tire de lá. Eles estão dentro de uma sala trancada a sete chaves. "Brother" Oran é o chefe deles, e ele sabe lutar karatê, kung-fu e outros estilos de luta. Pena que ele não vai te ensinar nada, porque ele é hostil e vai te atacar quando te ver (pois você é muito feio pra ficar vivo).

Tem também quatro traficantes de escravos na caverna. Nenhum deles sabe fazer mágica e todos são fraquinhos raquíticos, mas eles sabem falar português e acham que ainda estão no fim do século XIX.

Fora isso, a caverna tem algumas macumbas mágicas, ingredientes para receitas da sua mãe, armas desgastadas, armaduras velhas, dorgas e um pouco de dinheiro roubado. Yatur Gro-Shak possui um livrinho de histórias infantis, que no entanto vai aumentar sua skill Medium Armor.

A chave dos escravos pode ser difícil de achar já que ninguém na caverna a engoliu. Então nem adianta abrir os estômagos deles; Ela está em cima de um baú do tesouro pirata, numa caverna perto de Yatur Gro-Shak.

Ahinipalit[editar]

Note a rocha com um formato sugestivo ao lado da entrada

Caverna cheia de bandido. Tem tanto bandido que dizem que foi nessa caverna que os bandidos do Complexo do Alemão se esconderam depois que o mesmo foi invadido pela polícia em 2010.

Pode ser encontrada a noroeste da ilha de Tel Fyr, se você tiver coragem de atravessar as perigosas águas do mar para chegar lá.

Já foi dito acima que tem muito bandido. Tem assassinos, guerreiros e até um mago. Eles estão prontos para matar qualquer n00b que tente entrar na caverna estando despreparado.

Diferente de outras cavernas, Ahinipalit tem um montante decente de coisas para se encontrar; Tem uma faca de vidro (que infelizmente se quebrará facilmente quando você usá-la) que está numa passagem que vai requerer que você aprenda a levitar com as técnicas milenares dos monges budistas do Tibete, ou aprender salto com vara no mesmo nível de Sergei Bubka, porque esta passagem é muito alta. Assim que você entrar nessa passagem, no entanto, você será atacado por Robin Hood, que dizem que estava morto mas na verdade estava escondido nesta caverna. A faca de vidro estará lá, em perfeitas condições, pelo menos até você perceber que ela não serve para cortar pão.

Fora isso, a caverna tem alguns ingredientes para se fazer bruxaria e um exemplar do livro Crepúsculo.

Ainab[editar]

Cquote1.png Porra, viajei quilômetros só pra chegar nisso? Cquote2.png
Você sobre Ainab

Cquote1.png Você quis dizer: Aí, nabo! Cquote2.png
Google sobre Ainab

Caverna demoníaca em Morrowind. Sim, demoníaca, porque foi invadida por cultistas da Sixth House. É provavelmente a única caverna assim na região de Sheogorad, que é cheia de nords.

Apesar de ser uma caverna da Sixth House, não tem nada de interessante. Não há cultistas com nomes, porque suas mães não lhes deram um nome quando eles nasceram. Como em todos os lugares da Sixth House, tem algumas estátuas do Diabo, um martelo do Chapolin Colorado, e alguns cortes de carne podre e contaminada.

Fora isso, não tem nada. É uma caverna como outra qualquer. Perda de tempo visitá-la, a menos que você seja um satanista fanático e goste da Sixth House (pena que não dá pra se juntar a ela, MWAHAHAHAHAHA!)

O curioso é que tem uma pessoa chamada "Ainab" em Erabenimsun Camp, mas nós garantismos que ela não tem nada a ver com o satanás.

Ainat[editar]

Note a ruína do Emer no fundo

Cquote1.png Você quis dizer: Aí nada Cquote2.png
Google sobre Ainat

Caverna de Morrowind cujo nome é um quase plágio do nome da outra caverna aí de cima, como se pode perceber através de uma leitura extremamente atenta.

Fica a oeste do Holamayan Monastery, mas pra que você iria querer abandonar o Holamayan Monastery para ir numa caverna dessas, eu não faço ideia.

Não tem quase nada além de dois macumbeiros (um que se diz um caçador de bruxas) e dois guerreiros fraquinhos, mas fortes o suficiente para derrotar n00bs.

Fora isso, tem algumas coisas sem valor nos barris e uma revista Playboy que os bandidos dessa caverna usam nas suas punhetas grupais. Ler essa Playboy não só lhe garantirá uma excelente punheta, como também um aumento na sua skill de alquimia.

Ansi[editar]

É um ótimo lugar para se esconder dos tapas que sua mãe quer lhe dar na sua bunda. Pena que é um lugar chato, exceto talvez pelas diversões grupais

Cquote1.png Você quis dizer: Ah, sim! Cquote2.png
Google sobre Ansi

Caverna de Morrowind que é cheia de criminosas gostosas, mas por azar, ainda tem 2 marmanjos nela (eles ficam comendo as gostosas para passar o tempo). Fica a leste do palácio de Vivec, caso você esteja pensando em fazer um creampie gostoso com esses criminosos.

Oh, aqui num tem nada de mais. Só algum ouro roubado de um baú do tesouro pirata, gemas de ovo, trapos de favelado, armaduras velhas e enferrujadas, itens usados em macumbas, poções mágicas de rituais de magia negra, pergaminhos egípcios, livrinhos de histórias infantis, remédios típicos da gavetinha de sua mãe, dorgas, estátuas da Virgem Maria e se você for um cagão, você pode encontrar uma armadura Bonemold inteira, isso se os bandidos dentro dessa caverna já não a tiverem usado para testes (não esse tipo de testes, e sim testes de combate).

Ashanammu[editar]

Já tem até um bandido filho da puta do lado de fora, pronto para te pegar desprevenido (opa!)

Ashanammu é uma caverna de Morrowind (ah vá, é mesmo?).

Só que, apesar de ser uma caverna, tem o nome típico de uma Ruína Daédrica, o que causa confusão para jogadores inexperientes como você.

Bom, como a maioria das cavernas de Morrowind, não há quase nada de interessante. No entanto, se tu fizer parte da guilda dos lutadores, você será chamado para assassinar quatro agentes Telvanni que estão fazendo tráfico de dorgas na mina de Caldera, eles estão fazendo isso para não serem pegos pela polícia que já está atrás deles.

Só que na verdade eles irão se revelar (ui!) partes da guilda dos ladrões, e mesmo se você fizer parte da mesma, eles serão filhos da puta o suficiente para mesmo assim te matar (pena que eles podem te atacar à vontade e não serem expulsos, mesmo fazendo parte da mesma guilda, que merda).

Tirando isso, a caverna só tem alguns tesouros sem valor, coisas random e... porra nenhuma de valioso ou interessante.

Ashinabi[editar]

Esta é a boca da caverna. Não queira ver o cu

Ashinabi é uma caverna de Morrowind (aposto que você já está careca de saber disso) que tem alguns contabandristas que o Chaves anunciou no jornal que os policiais estavam perseguindo.

Você pode entrar nessa caverna de dois modos; pela boca ou pelo cu. A boca fica no alto de um planalto, e o cu fica no rio, debaixo d'água; ambos ficam perto de Gnisis. Tão perto que só mesmo sendo idiota pra não achar!

Não tem quase nada de interessante nessa caverna. Bom, até tem. Tem um livro de auto-ajuda para homossexuais que ensina como você pode sair do armário com segurança. Ao ler, você estará se mostrando um gay você irá aumentar sua skill de Spear.

Nesta caverna você também pode encontrar três estátuas do filho do Capeta, porque os contabandristas desta caverna são adoradores do demonho.

Ashirbadon[editar]

Note que tem três rochas bem mindfuckers nesta foto, e elas possuem formatos sugestivos

Caverninha pequena que fica à primeira ilha a oeste de um santuário satânico, Ashirbadon é a casa de um poderoso mago, o Harry Potter. Depois de se formar em Hogwarts, Harry não tinha mais nada pra fazer, mesmo sendo agora um mago poderoso. Ele decidiu então se mudar pra Morrowind, mas lá ele se perdeu no mundo da Skooma, e por isso ele acabou sendo procurado pela polícia, e decidiu se esconder na caverna de Ashirbadon. Ele tem um artefato poderoso que pode ser usado pelo jogador após a sua morte; a sua varinha (ui!).

Após entrar dentro da caverna, o caminho irá levar para um lugar onde será necessário que você aprenda a levitar com os monges budistas do Tibete, ou você não conseguirá subir (se você for o Carl Johnson, pode também usar aquela mochila a jato roubada dos militares americanos). Em uma das passagens, tem um demônio que quer te comer, e as outras passagens levam até a caverna onde Harry Potter está escondido, daí você poderá denunciar esse traficante pra polícia.

Fora isso, a caverna tem alguns pergaminhos roubados do Egito, tubos de detergente, revistas de putaria, ouro, trapos, bijuterias e ingredientes para usar nas receitas da sua avó.

Ashir-Dan[editar]

Note as montanhas no fundo, com formatos sugestivos

Cquote1.png Você quis dizer: Ash Cquote2.png
Google sobre Ashir-Dan

Ashir-Dan é outra caverna de Morrowind com contabandristas e bandidos. Isto prova como a criatividade da Bethesda para criar cavernas é zero, e que eles ficam repetindo nomes e ideias várias vezes.

O que você espera de interessante além de armas que não machucam, cachaça, cocaína, maconha, pedras brilhantes e um número bem grande de garrafas vazias? É que Jeremias vivia nessa caverna, e ele ficava passando os dias bebendo e dando tapas na pantera. Depois que Ashir-Dan foi invadida por uma gangue de contabandristas, Jeremias foi assassinado, os bandidos passaram a ficar escondidos lá da polícia, e para passarem o tempo, resolveram encher o pote todos os dias.

Por essas razões é perda de tempo visitar esta caverna, a menos que você goste de encher a cara até ficar bêbado só pra acordar com uma baita dor na bunda.

Ashmelech[editar]

Por que será que as cavernas de Morrowind costumam ficar perto de objetos com formato estranho?

Cquote1.png Você quis dizer: Meleca do Ash Cquote2.png
Google sobre Ashmelech
Cquote1.png Isso é uma caverna? Cquote2.png
Eu sobre Ashmelech
Cquote1.png Parece mais uma tumba Cquote2.png
Você sobre Ashmelech
Cquote1.png Caverna ou tumba, enquanto tiver vampiros, eu não entro lá nem morto! Cquote2.png
Eu sobre Ashmelech

Ashmelech parece ser mais uma caverna qualquer, com bandidos e alguns objetos sem valor. Mas esta caverna é especial, pois é aí que mora o clã de vampiros do Drácula, o clã Aundae. Porque eles estão vivendo numa caverna se são vampiros? Por que não vivem num castelo como um vampiro decente faria? Não me pergunte.

Se você deseja ir pra lá, a caverna fica numa ilha pequena ao sudoeste da ilha onde fica Dagon Fel. Mas pra quê você iria querer ir pra lá, a menos que fosse pra levar uma mordida dos vampiros bem no meio da bunda e do pescoço?

Além dos vampiros, não tem nada de interessante. Você pode explorar toda a tumba, você não encontrará nada, não vai encontrar nada de valioso como ouro, jóias e revistas de mulher pelada. O que você pode fazer é matar os vampiros, isso se eles não te matarem primeiro (ou te transformarem em vampiro), e eles não possuem nada de interessante pra você, então pode tirar seu pônei maldito da chuva.

Bônus: esta caverna tem um bug! Sabia que se você procurar, vai achar uma porta com o nome "Census and Excise Gate"? Mas não entre nessa porta, porque ela não vai levar pro "Census and Excise Office"... Vai levar para um lugar onde os vampiros irão aprontar altas confusões com um cavaleiro do barulho!

Assarnud[editar]

Mindfuck: When you see it, you will shit bricks

Esta caverna fica a leste, bem pertinho de Gnisis, tão pertinho que até um cego pode ver que a caverna fica tão perto. Ela tem semelhanças com outra caverna também tão pertinho de Gnisis, por ter uma boca e um cu, por onde você pode entrar.

A caverna é a casa de uma gangue de traficantes de escravos que fugiram do interior do nordeste do Brasil, depois de serem descobertos pela polícia.

Aqui tem várias bugigangas, desde armaduras fracas e velhas, roupas de favelado, bijuteria, cocaína e maconha, até algumas facas de cozinha. Mas para sua sorte (e para a sorte de muitos n00bs que visitam essa caverna sem saber como proceder), há uma mina de diamantes debaixo de uma das poças de água da caverna. Você pode tirar diamantes de lá acho que se não pudesse, os criadores de Morrowind não seriam tolos em colocar a mina lá. Para dobrar sua sorte, há alguns moluscos perto dessa mina. Nem preciso dizer o que isso significa que você possivelmente encontrou, não é?. Mas não fique tão surpreso, pois pode ser que você não tenha encontrado, e seria uma grande pérola você contar pra outros jogadores mais experientes que você acaba de encontrar alguns moluscos, sendo que eles estão vazios! MWAHAHAHAHAHA!

De interesse - se não for de algum valor, mas é claro que não tem nenhum valor - tem um esqueleto debaixo d'água de uma das poças, com uma vara de pescar, um vibrador e uma macumba para que ele possa respirar debaixo da água sem usar um tanque de oxigênio. Só que ele se fodeu, porque respirar debaixo da água não protege ninguém de criaturas estranhas que queiram comer bundas submersas - ele teria se dado muito melhor usando uma camisinha do que um vibrador. ALÉM DISSO, COMO ELE PENSOU EM PESCAR DEBAIXO DA ÁGUA? WTF?

Assemanu[editar]

Olhando assim por fora, nem parece uma caverna satânica

Caverna de Morrowind cheia de vários adoradores do demônio, portanto nem a visite, a menos que você queira servir de sacrifício! MWAHAHAHAHAHA!

Fica num pântano sem jacarés, num lugar que poderia ser chamado de cu do mundo, a oeste do cantão Hlaalu da cidade de Viveque.

Essa caverna é escura pra caralho. Como dito acima, tem adoradores do demônio, pois Assemanu é um esconderijo para alguns seguidores do Diabo, que fazem sacrifícios, rituais, putaria e tudo mais que é associado aos satanistas. Eles são liderados por um monstro chamado Dagoth Hlevul, um monstrengo com várias trombas de elefante e uma manta muito brega dos anos 60.

Tem uma outra manta brega (só que dos anos 80) escondida num baú em cima de um buraquinho na caverna, ela é necessária pra completar uma missão, mas se você não fizer parte da grande casa de Hlaalu, pode ficar à vontade pra vender essa manta por um preço bem alto.

Tem algumas armaduras douradas que também podem ser vendidas e o custo é de um milhão de reais em barras de ouro que valem mais do que dinheiro. Elas são de quem achar, então vá rápido que já está atrasado!

Assu[editar]

Mas que merda, tem um monte de tralha na frente do portão... Maconha, árvores, pintos pedrosos...

Cquote1.png Você quis dizer: Acho Cquote2.png
Google sobre Assu
Cquote1.png Você quis dizer: Aço Cquote2.png
Google sobre Assu

Sim, acredite se quiser: Assu é o nome dessa caverna. Eu assu que ela fica no meio de duas bucetas gigantes na região de Molag Amur.

Até que enfim temos uma caverna com algo interessante pra se ver. Além de alguns demônios e seus adoradores, tem um artefato lendário chamado Pênis de Magnus. Ele está guardado com um bruxo que foi expulso de Hogwarts após ser pego usando magia negra pra invocar o diabo (por isso a caverna tá cheia de demônios).

Também tem outros artefatos que você só pode alcançar se você for um pássaro, ou um peixe (a menos que você tenha aprendido a levitar e a respirar debaixo d'água com os monges budistas hippies que plantam maconha para subsistência).

Assumanu[editar]

Essa caverna fica numa região cheia de pedras com formatos bem sugestivos

Cquote1.png Você quis dizer: Assemanu de novo? Cquote2.png
Google sobre Assumanu
Cquote1.png Você quis dizer: Aço, mano! Cquote2.png
Google sobre Assumanu

Pra chegar lá, basta ir pra Urshilaku Camp e ir pra mesma direção que você faria se você estivesse na cidade do Rio de Janeiro e quisesse ir para o Acre (apesar de ele não existir e por isso você nunca conseguiria chegar).

A caverna tem alguns magos, uns que são adoradores do Diabo, e outros que são wiccanos e por isso são magos brancos. Os que são adoradores do Diabo irão te comer se você chegar perto.

Um desses magos brancos na verdade é uma gostosa malvada que chantageou a filha do Duque de Caxias, roubando a luva de galinha dela. A espertona está escondida nessa caverna e por isso a filha do Duque contratou a Polícia Federal para recuperar a luva. Na verdade você pode conseguir a luva de volta, sem precisar matá-la, se você for bom de cama e conseguir satisfazê-la.

Fora isso, a caverna também possui alguns tesouros random que você encontra em todas as cavernas... mas espere. Também tem um kit completo de aparelhos pra alquimia da Polishop, que qualquer alquimista especializado vai ter interesse e querer pegar. É por isso que essa caverna é importante para os alquimistas; Edward Elric garante isso, ele já visitou a caverna e quase conseguiu pegar o kit, mas aquela maga branca malvada que te falei acima a impediu com uma coisa bem gostosa.

Bensamsi[editar]

Se você reparar nas duas rochas estranhas, uma na frente e outra atrás da caverna (ui!) então tenho péssimas notícias pra você...

Caverna de Morrowind que fica no meio do nada e que a maioria dos jogadores acha por acaso quando tá trafegando pelas Ashlands (que por si só não possuem porra nenhuma, parecem o Acre).

Essa caverna possui alguns monstros satânicos e seus adoradores, e nada mais, não tem se quer um sacerdote para guiá-los, sendo que eles estão sozinhos lá. Não se sabe como fazem para se divertir. Provavelmente eles matam e comem (ui!) os n00bs desavisados que entram lá sem saber as coisas ruins que rolam lá dentro... MWAHAHAHAHAHA!

Também tem alguns monstros que fugiram do cemitério, mas e daí? A caverna não tem porra nenhuma de interessante. É perda de tempo visitá-la, a menos que você goste de tesouros que não valem nada.

Beshara[editar]

Até que enfim uma caverna que fica num lugar bonito, e não no meio do nada, ou do inferno... Mas ainda assim, esse lugar não deixa de ser bizarro

Caverna que fica a leste de Viveque. Essa caverna é uma das poucas que você vai encontrar na região mais bela de Morrowind, o que não quer dizer que ela não possui perigos. Muito pelo contrário. Veja mais abaixo.

Lá tem dez bandidos procurados pela polícia que você tem permissão pra mandar pro colo do capeta se quiser, mas você tem que ser forte pra isso, se não quem vai queimar a rosca com o capeta é você com o primeiro bandido que encontrar.

Tem uma sala com um bandido que você precisa fazer comer capim pela raiz para completar uma quest. Nessa sala também há um livro da saga Crepúsculo, que se você tiver tempo pra perder (e um saco de vômito) pode ler e aumentar sua capacidade de dar saltos usando técnicas desenvolvidas pelos monges budistas hippies que plantam maconha para subsistência.

Tem um atalho com água não-potável para você beber se estiver com sede, e assim pegar uma doença já que como foi dito, é água não-potável. Também serve para você pegar um atalho que está debaixo da água, e assim deixar de encontrar com um dos bandidos foragidos que você precisa matar para completar uma quest.

Corprusarium[editar]

Desta vez temos uma foto do interior de dentro de uma caverna, mas o cara que tirou essa foto pegou uma doença séria e morreu

Essa caverna fica debaixo de Tel Fyr e é cheia de vítimas da gripe suína, que também chegou a Morrowind. Como se trata de um país que não é nem um pouco modernizado, eles não sabiam a cura da gripe suína e tiveram que isolar todos os que foram contaminados.

Só tem umas três pessoas nessa caverna que são mentalmente saudáveis, e destas, apenas uma é imune à todas as doenças e por isso está viva. É um gordão chamado Yagrum Bagarn, o último dos moicanos que sobreviveram à uma coisa que destruiu praticamente todos os baixinhos do continente (o que deixou a Xuxa sozinha). Também tem um lagartão metido a cavaleiro real, e uma gostosa que fica com o gordão por achar ele mais sexy que você.

O lugar é um teste de paciência. Você será atacado rapidamente por zumbis dançantes, daqueles que apareciam no clipe do Michael Jackson, o que fará com que você pense que o único jeito é cortar a cabeça desses zumbis fora para se livrar deles, certo? Errado! Se você fizer isso, você despertará a ira de Divayth Fyr, e com isso ele nunca te dará a cura para a gripe suína caso você pegue ela um dia. E acredite em mim, você pegará. É por essa razão que essa caverna é um teste para todos os monges budistas hippies que plantam maconha para subsistência que sejam jovens, para que eles aprendam a atingir o nirvana.

Mas tem uma área em que os zumbis não irão atacar, pode ficar tranquilo. Por precaução, não se esqueça de levar uma armadura, nem que ela seja feita de trapos! Assim você se protege dos possíveis ataques que os zumbis irão lhe fazer. Não se esqueça também de usar uma máscara para se proteger da gripe suína, caso contrário... MWAHAHAHAHAHA!

Dubdilla[editar]

Até que enfim uma caverna que não fica no meio de rochas com formatos sugestivos!

Cquote1.png Você quis dizer: Godzilla Cquote2.png
Google sobre Dubdilla

Tal caverna fica no meio do nada nas Grazelands e é difícil pra caralho de encontrar, então nem vale a pena... A menos que você seja um vampiro, porque, se você for, essa caverna é de seu interesse, caso você queira comer uma feiticeira gostosa que vive lá. Mas não seja um vampiro como o Edward Cullen, se esse for o caso mantenha-se longe desse lugar.

Como dito acima, tem uma feiticeira gostosa, mas não se preocupe que ela não faz nenhum tipo de adoração aos demônios que têm na caverna, então se você for evangélico pode comê-la sem problemas. Agora, você terá de enfrentar e protegê-la dos demônios estupradores, e até isso acontecer você estará cansado demais para poder traçar a coitada.

Se você for vampiro, essa caverna também será de seu interesse, pois ela possui a cura para o vampirismo. Claro que você terá de fazer um pacto com o capeta, mas esse é o único jeito de você poder se curar, outrora Deus não vai te ajudar, e você vai ficar na mão.

O diabo irá lhe pedir pra matar a própria filha dele que vive nessa caverna com o amante. Pra falar a verdade, é por essa razão que você acaba encontrando Madonna e Jesus Luz juntos, pois ela é filha do capiroto e você deve matá-los juntos para que consiga a cura pro vampirismo.

Fora isso, a caverna só possui alguns livrinhos de coisas infantis e coisas que você só vai poder pegar se estiver procurando pela cura do vampirismo.

Dun-Ahhe[editar]

Uma raridade: Encontrar uma caverna num lugar onde não há obstáculos!

Esta é mais uma caverna que fica no meio do nada. Fica no nordeste de Ashlands. É uma baita coincidência ela ficar no nordeste de Morrowind, pois ela fica num lugar seco igual a outro Nordeste com o qual nós já estamos familiarizados!

Essa caverna não possui nada de interessante que um jogador possa vir a querer, a menos que o jogador esteja procurando por duas elfas gostosas e cruéis pra traçar. Ambas são bruxas adoradoras do diabo, então o jogador tem que estar preparado com algo com o que ele possa resistir à magia delas. Também há alguns demônios que escaparam do inferno graças às duas.

Também há uma cópia da Bíblia Satânica na caverna, que é de interesse para quem estiver querendo aprender a conjugar o diabo. Além dessas coisas, tem alguns tesouros enterrados e fechados às sete chaves, o que prova que antes dessas duas bruxas gostosas aparecerem, tinham piratas vivendo nessa caverna.

Para aqueles frescos luxuosos que estão procurando por joias raras, tem um cadáver de um morto que morreu (oxe?) na parte da caverna onde tem água.

Habinbaes[editar]

Imagine você estar passeando, e de repente dar de cara com isso

Cquote1.png Você quis dizer: Habib's Cquote2.png
Google sobre Habinbaes

Fica no meio de um lugar que não tem praticamente nada (só pra não dizer que não tem nada). Ela fica em algum lugar na ilha de Sheogorad perto de Dagon Fel. Eu não vou dizer exatamente onde é, para isso aqui não ficar parecendo um artigo da Wikipédia nem uma cópia mal feita de outro lugar...

O que tem de interessante? Quase nada. Só uns contrabandistas: duas gostosas e uns três machos guardando quatro escravos que pensaram que iriam escapar, mas não conseguiram. Lembrando que como a escravidão acabou faz tempo, esses cinco aí tecnicamente são criminosos, então não pense em ter uma boa relação com eles (nem nesse sentido).

A sua missão nessa caverna será, como sempre, fazer boas ações; libertar os escravos, mandar os contrabandistas pro colo do capeta e ficar com todas as coisas que tinham na caverna.

Entretanto, não há nada de valioso nela pra se levar, exceto talvez levar um livrinho de histórias infantis, uma poção satânica, duas gemas nada bonitas e você também pode levar as escravas como prostitutas (uma delas é homem na verdade, só avisando pra você não ficar na mesma situação que o Ronaldo).

Lembrando que elas são de uma raça furry, então só vai valer a pena se você também curtir furries.

Hassour[editar]

Fala sério... Você viajaria até o Acre só para poder explorar essa merda de lugar???

Não, a caverna não é francesa. O nome engana. Ninguém sabe porque a caverna se chama assim, mas ninguém se importa com o nome da caverna.

Hassour é uma das poucas cavernas interessantes em Morrowind. Desta vez, o que temos aqui pra ver é que a caverna foi dominada por um grupo de criaturas que adoram o Diabo, e por isso a caverna é perigosa. Essas criaturas são lideradas por um mago supremo da Igreja Satânica que é um ghoul (não um gol, mas um ghoul - não confunda as duas coisas)

A menos que você, sem ser por cultos ao Diabo, esteja procurando por ouro do Diabo, jóias do Diabo, feitiçarias do Diabo, estátuas do Diabo, um livro escrito pelo Diabo, um martelo do Diabo e uma poção do Diabo, essa caverna não deverá ser visitada por você.

Entretanto, quando você mata o sacerdote da igreja que está ali extorquindo dinheiro dos Dreamers, você acorda 4 sonâmbulos que estavam sonhando acordados com o Diabo. Outras coisas:

  • Essa caverna faz parte de uma missão da Igreja Católica do Tribunal em que você tem que mandar todos os adoradores do Diabo que estão nessa caverna para o lar do seu ídolo.
  • Tem uma puta com o mesmo nome que essa caverna, por favor, não confunda ela com essa caverna quando for fazer a missão acima, a menos que você tenha segundas intenções para com a caverna a puta.

Hinnabi[editar]

Porta de Hinnabi, que fica em algum fim de mundo.

Outra caverna que serve como um "esconderijo escravidão" (ou algo assim) e que, apesar do nome, não é uma caverna japonesa. É lotada de bandidos e escravos. Seu objetivo é matar os bandidos malvados e libertar os escravos (que herói!). Fica na ilha norte-nordeste (???) de Bal Fell, a oeste de Vivec (você não vai encontrar por meio dessas palavras, mas se encontrar, você é muito nerd).

Dentro da caverna, há 6 bandidos, que um desses, é um maldito mago e que te dá uma chave pra libertar os escravos. Você dá de cara com um bandido depois de andar um pouco quando entra na caverna, que geralmente você mata sorrateiramente com o arco (ou parte pra cima dando espadada).

Quando você mata o infeliz, ele dropa (deixa cair, para os burros) alguns itens, que geralmente não é grande coisa, pois os ladrões de Morrowind são pobres; se não fossem, não viveriam em cavernas. Depois disso, você passa por uma ponte, que tem um bandido paradão lá, de costas pra você. Ou você mete a espada por trás (ui), ou enfia a flecha nele (ui²), e que também dropa uns itens furrecas.

Depois de matar, você passa por uma porta que tem um cara com um machado, curiosamente também de costas pra você. Depois de mandá-lo pra conversar com o diabo, você desce uma escada e encontra os quatro escravos. Não precisa matar, pois eles não te atacam, e você precisa libertar eles. Leu bem? Não mate, seu retardado!

Depois de passar por eles, você encontra uma porta e atrás dela um cachorro gigante, que você tem que matá-lo, obviamente. Aí, você encontra outro bandido e você sabe o que fazer. Atrás dele, tem um baú e caixotes com itens (o baú você precisa abrir). Após andar um pouco, você encontra outro bandido e o bandido mago, que é o mais forte dos seis (Tels Girano... bom, ninguém se importa), que dropa a chave pra libertar os escravos, e atrás deles você encontra uns caixotes com bosta dentro.

Aí, você liberta os escravos e sai da caverna, salvando o dia.

Ibar-Dad[editar]

A modesta entrada. Que é quase igual à entrada de todas as outras cavernas do jogo...

Caverna habitada por uma irmandade de Gollums e dois feiticeiros, tem muita água e muito, muito labirinto. Após entrar lá, você encontra um Scamp (um bicho servo, parecido com o Gollum, do Senhor do Anéis, aquele que fala "MY PRECIOUSSSS") azarado, morto no chão, o que é muito misterioso. Seguindo, você passa por alguns cogumelos duvidosos e alguns cristais azuis gigantes, o que sugere que o Gollum morto não era real.

Passando por eles, você vai encontrar uma escadaria e dois Scamps subindo, que não são nada amigáveis. Depois de matá-los facilmente com 2 ou 3 golpes, você desce e aí sobe uma outra escada, que tem um maldito mago lá, que está de costas, sem se mexer, e olhando pro nada, por algum motivo (coisas de RPG...). Tome cuidado com ele, porque ele invoca uma criatura morto-vivo sinistra pra te enrabar, além de jogar várias magias, mas pelo menos dropa coisas boazinhas, e tem um baú atrás dele com coisas que não é de se jogar fora.

Depois de pegar tudo, você desce a escada e abre uma portona de madeira, e... SURPRISE MOTHERFUCKER! Você dá de cara com um mago, prontinho pra te encher o saco. Mas se esse mago for pro saco, atrás dele tem DOIS baús e algumas coisas em cima de uma mesa. Nessa mesa, há uma chave, poções estranhas e alguns livros (TL;DR). Após roubar tudo e sair da sala, você destranca um portão com a chave que você pegou naquela sala, e entra num lugar subterrâneo com água com passagens de baixo da água, aí você mergulha e sai em outro lugar, com umas escadarias loucas. Você vai por alguma passagem e chega no começo da caverna, mas que agora lá perto dos dois Scamps por algum motivo tem um homem-lagarto (???) forte pra caralho, então tome cuidado.

A passagem secreta, segundos antes do pau quebrar!

Aqui tem uma passagem secreta. Depois de matar (ou ser morto pelo) tal homem-lagarto, você entra de novo no lugar subterrâneo de água, mergulha e vai em outro lugar, com uma tumba, e perto dali, um baú, aliás, por que eles não guardam tudo em um baú só??

Depois de se perder 200 vezes nesse labirinto de água, você encontra outro lugar com um bicho forte com lança te esperando, que você precisa dar bastante porrada pra morrer. Depois de andar em algum lugar confuso, você chega numa porta que você abre usando uma magia loucona de estranha, e você dá de cara com uma guerreira meio forte. Depois de se livrar dela, você vê um esqueleto descansando deitado de boas lá, e algumas caveiras com adagas vagabundas enfiadas na testa.

Perto do esqueleto, tem algumas armaduras muito boas e um escudo muito bom pendurado na parede, mas são amaldiçoados, porque se você pegar, um bicho louco surge do nada pra te enfrentar, mas depois de matá-lo você pode roubar tudo. Depois disso, não tem mais nada pra fazer.

Kora-Dur[editar]

Entrada de Kora-Dur, camuflada em algumas rochas (ou não).

É habitada por alguns homem-lagartos e um monstro de pedra. A caverna tem um chefão, o Menta Na. É localizada ao nordeste de Ashlands, a leste de Kogoruhn. Pra que eu falei isso? Simples, pra encher linguiça.

Kora-Dur é uma caverna onde provavelmente você vai ficar perdido, pois tem rocha, água, e parece um labirinto. É habitada por um Storm Atronach, monstro de pedra que lança algumas magias, três Daedroth, que são homens-jacaré (ou crocodilo, foda-se), ou algo assim, que lança algumas magias de veneno e outras que não sei, e o mais relevante deles, que é um chefão, mas que é um Daedroth também, o Menta Na, que tem um nome meio esquisito, mas não o subestime, porque ele é bombadão.

Menta Na, que é exatamente igual aos outros Daedroths, mas que por algum motivo é mais forte.

A caverna tem uma salinha iluminada, que é protegida pelo Menta Na, com alguns livros com alguma historinha furreca do jogo, um baú, barril com alguns feitiços e um cetro que é bonzinho até. Depois de matar ele, o que não é fácil, você pode roubar tudo e sair da caverna como um vencedor.

A caverna tem uma missão relacionada, que é com Molag Bal, que fica em algum fim de mundo. O objetivo da missão é justamente matar o Menta Na. De recompensa, é uma maça (aquela arma lá).

Outras coisas:

  • A caverna tem um atalho da baixo da água pra se chegar mais rápido ao Menta Na sem matar os outros bichos, mas é só pra noob cagão ou quem não tem paciência de matar os outros monstros pra ir logo para o monstro importante.
  • A porta da caverna é fortemente fechada com ferro fudidamente fundido. Pra abrir, você precisa da chave que o carinha da missão te dá, ou abrir a porta com um feitiço.
  • Menta Na também fez uma aparição no não-tão-bom The Elder Scrolls Online como boss, mas muito maior e forte.

Kudanat[editar]

A entrada, mas tá lá no fundo porque algum retardado tirou a foto da entrada assim.

É uma daquelas cavernas de libertar escravos e matar os bandidos. Dentro dela, tem 7 bandidos e 5 pobres escravos. Fica a oeste de Caldera, mas foda-se.

Kudanat é habitada por alguns bandidos, como uma feminista, o Throknolf the Craven, que é o mais forte deles, um orc, uma arqueira maldita, uma feminista da classe bárbara, que você dá de cara quando entra na caverna, uma feminista da classe ladina (além de feminista, é ladra!), e o mago, que invoca um morto-vivo sinistro pra te pegar, além de soltar magias de baixa resolução, pois é um jogo antigo.

A caverna tem um riozinho que tem uma cachoeira, e que tem um baú escondido (Bethesda, escondendo coisas nas cavernas desde 18000 A.C, mas se bem que todo RPG tem isso...), que não dá pra ver por causa da água super feia de Morrowind caindo.

Cuidado ao entrar no riozinho, porque nele tem dois peixes gigantes que não dá pra ver, e que vão dar uma mordida bem no meio do seu cu se você for desatento. A caverna tem uma escada, que em cima dela tem barris e caixas, que provavelmente não tem merda nenhuma e é só pra te fazer perder tempo.

Também tem uma cela, que tem os 5 escravos, que são três argonianos e dois khajiits. Por que só eles são os escravos? Coitados. Bom, depois disso, tem uma salinha que é protegida pelo mago, mas que tem livros que são lotados com a história dos ladrões ou da caverna, e que 90% das pessoas que terminaram a caverna não leram, ou leram só uma linha. Também tem um baú, e em cima da mesinha, tem a chave pra libertar os escravos. Espero que você não seja filho da puta, e liberte eles. Depois de libertá-los, é só.

Não há missões relacionadas a essa caverna, fazendo ela ser um pouco mais insignificante. Kudanat apareceu na expansão do The Elder Scrolls Online, mas que é parecido só no nome, porque a caverna é completamente diferente da original.

Kumarahaz[editar]

Entrada de Kumarahaz, com dois cogumelos gigantes do lado.

Caverna de bandidos malvados. É relativamente grande, e tem 5 bandidos (todos são dunmers/dark elves, aquela raça dos cara de cor cinza e olhos vermelhos) e alguns bichos. Informação para os nerds: fica á nordeste de Tel Branora, e um pouco ao leste de uma mina de ovos.

CUmarahaz é uma caverna com vários caminhos, então cuidado pra não se perder! A caverna é habitada por um guerreiro, uma mina ladina, um carinha que solta magia mas não é mago, uma mina de classe guerreira e um cara que não usa nenhuma arma e vai na porrada (hah, que otário), e também alguns bichos, como peixes, um caranguejo gigante e rato. São muito agressivos.

A caverna tem alguns barris e caixas inúteis em um lugar, uma mesa de jantar e alguns jarros com ar dentro, e do lado, uma escada, que no alto tem um pergaminho pra limpar a bunda, um baú, caixas e um pouco de dindin. A caverna tem uma piscininha que tem uma passagem por baixo d'água, com uma espada nada ruim se você não tiver uma melhor, e um baú. A caverna também tem uma passagem secreta (que não é secreta, porque é muito fácil de ver e acessar), bloqueada por pedras, que você pode pular ou levitar (só pros mais frescos).

Lá você encontra o caranguejo gigante e o rato, e também um lugar escondido, que fica em um lugar altão, que não dá pra acessar pulando, e é só levitando por pergaminho ou feitiço mesmo, no maior estilo Mister M. E lá tem um baú. Depois de sair da passagem, a caverna também tem uma ponte que tem aquele perdedor que não tem arma. Tem baú e barris, uma subida e mais barris, Além disso, dois baús e money em cima deles (Bethesda é meio boazinha, dois baús e dinheiro por nada?). E termina aqui, não tem chefão, não tem libertação de escravo, não tem mais porra nenhuma pra fazer.

Além de não ter chefão e não ter libertação de escravos, não tem nenhuma missão relacionada, ou seja, essa caverna é uma merda!

Kunirai[editar]

Porta de Kunirai. A caverna ganha +50 de força por causa dessas pedras pontudas atrás dela.

Nela habitam seis bandidos, dois deles são malditos conjuradores de magia, e todos são dark elves. Não tem chefão, nem libertação de escravos e nem missão pra completar, mas pelo menos tem muito baú fácil e itens também.

Para achar esse fim de mundo, vá para Telasero, siga a estrada que vai direto pra colina de frente da guarda, e você verá a caverna á esquerda. Ou ignore essa merda e use um GPS. Ou vá tomar no cu (recomendo a última opção).

A caverna é habitada por um crusader muito forte que tem muito HP, uma mina com machadinho, um guerreiro com muito HP também, uma mina de vestido que joga magia, mas é a mais fraca dos 6, outro guerreiro e uma mulher que invoca o morto-vivo bodybuilder sinistro, além de jogar mil magias, e pra piorar é a mais forte em magia dos 6. Lá tem uma escada, que em cima tem um baú, que em cima dele tem uma calça meio merda, e em cima... quer dizer, do lado uma rede pra deitar e relaxar. Tem um buraco grande (ui) na parede, que entrando nele, tem uma fogueira com comida, e do lado um baú, com um livro da história do jogo em cima, uma cama com pergaminhos e poções em cima e jarros com o incrível nada dentro.

Saindo do buraco da parede tem uma escada, que em cima tem um baú, que em cima dele tem um pergaminho qualquer e uma poção, uma cama, outro baú que em cima dele tem um livro com história pra boi dormir, mais um baú, só que o de ferro, cama com um arco foderoso em cima, baú com algumas flechas e outras coisinhas em cima dele. Ou seja, quatro baús em um único lugar. Que merda hein...

Depois disso, uma mesa de jantar, caixas, barris e jarros, dois baús, e um deles, tem mais de 8000 armas. Cuidado quando estiver pegando as coisas, porque a mulher que invoca o morto-vivo tá ali perto e vai ir te fazer uma surpresa. Caixas, barris e jarros, escada, e em cima tem um livro com a história chata do jogo e outras coisinhas inúteis. Tem uma escada, que em cima tem um baú, em cima dele tem um pouco de money e um talismã de macumba e uma cama com um pergaminho bem bosta em cima. Uma mesa com um livro com história que ninguém leu, e um amuleto.

Barris, caixas, baú, mesa de jantar que tem um livro da história do jogo e outras coisinhas que você provavelmente nunca vai usar, e no mesmo lugar, uma forja, com baú, barril, e do lado da forja tem um bauzinho com 100 flechas de ferro. E é isso. Pode sair vitorioso da caverna.

Assim como em 90% das cavernas de Morrowind, não tem missão relacionada a essa caverna aqui.

Maba-Ilu[editar]

Entrada de Maba-Ilu, igual a todas as outras 89 cavernas do jogo.
Mapa de Maba-Ilu. Viu como é pequena?

Cquote1.png Você quis dizer: Bubbaloo? Cquote2.png
Google sobre Maba-Ilu

É uma caverna de ISOLADOOOOOOS... Nela habitam feiticeiras (classe sorcerer) e uma criatura daédrica. Fica em uma ilha à leste e sul de Molag Mar na região costeira de Azura. Além disso, fica ao leste de uma tumba ancestral, e ao sul de outra dessas tumbas. Pra quem não entendeu bosta nenhuma, peça um Uber pra ir até lá.

Maba-Ilu é uma caverna relativamente pequena (menor que essa seção) e com só 3 inimigos, mas que em compensação, tem poucas recompensas também. Nela, contém alguns itens padrão, como alimento, ingredientes de macumba, uns pergaminhos, algumas poções, e um livro de conjuração de habilidade, o Keyfolken III. Também tem vidro cru (???), ébano e diamantes (um de cada).

Dentro dela, habitam duas feiticeiras hostis e anti-sociais, que não vão gostar da sua presença, além de um Daedric. Das feiticeiras, Voneri Renim é fraquinha e com pouca vida. Fácil de matar. Faire é a mais forte das duas. Fica na última sala, onde tem dois tesouros. depois de matá-la, você também pode explorar a caverna dela, se é que você me entende...

Além da caverna ser menor que o pênis de um japonês, ainda não tem nenhuma missão relacionada. Que merda!

Mannammu[editar]

Mannammu por dentro. É um labirinto super complexo!
A entrada de Mannammu, tão camuflada nas rochas que nem dá pra ver.

É uma caverna de contrabandistas meio grande. Fica do lado de fora de Pelagiad. A grande caverna é cortada nas colinas na costa sudoeste do lago Hairan, para o sul, através das pedras de Pelagiad. Se você não entendeu nada eu também não, o maravilhoso e moderno GPS de Morrowind te dirá onde ir.

A caverna é a casa da gangue Verethi, que tem a cabeça á prêmio pela Fighters Guild, de Balmora. Dovres Verethi, o líder da gangue, pode ser alcançado por uma passagem subaquática à esquerda da caverna (para os cagões), ou pode ser alcançado passando pela caverna na raça mesmo. A caverna tem sete inimigos ao todo (tirando ratos, caranguejos e essas porras todas).

Você pode encontrar nessa caverna alguns itens bons, como um elmo de aço, luvas, dois livros de habilidade (Mysticism e Security), algumas poções, a adaga de prata do Uvisea Benethran (uma inimiga da caverna), e caixas, jarros e barris pra caralho com itens aleatórios muito bons.

A caverna tem uma missão relacionada, que é dada por Eydis Fire-Eye, um membro da Fighters Guild: The Verethi Gang. É uma missão muito simples, matar o Dovres Verethi, o líder da gangue. Depois de mandá-lo pro inferno, é só receber sua recompensa, que é 9999 Gold.

Maran-Adon[editar]

Entrada de Maran-Adon.
Visão aérea de Maran-Adon. Percebe-se que é uma caverna bem grande...

Cquote1.png Você quis dizer: Maradona? Cquote2.png
Google sobre Maran-Adon

Fica a noroeste de Ashlands. A caverna é uma base da Sixth House e fica ao sul de Cavern of the Incarnate e oeste das ruínas de Nchuleft. Para entender do que raios eu estou falando, consulte o GPS de Morrowind, que ajuda muito os noobs na hora de ir nos lugares.

A caverna contém um número bem grande de Ash Creatures (foda-se o nome em português) e de Dreamers, totalizando TREZE monstros (puta que pariu), mas mesmo assim tem alguns poucos tesouros e nenhum monstro único.

Só tem dois baús nessa porra de caverna, e um deles tem entre 250 a 500 de gold e o outro tem até sete gemas.

Além disso, tem um dos dezenove Sixth House Bell Hammers, que é uma arma que vale bastante e é boa, então vale a pena vir pegar o seu nessa caverna. A caverna tem uma Ash Ketchum Statue, que não serve pra porra nenhuma, e é só pra colecionar mesmo, e tem 347 dessas estátuas em Morrowind. Se você for muito virgem, você pode tentar pegar todas!

Masseranit[editar]

Mapa de Masseranit, que parece mais uma shuriken derretendo.
A grandiosa entrada de Masseranit.

É uma caverna de bandidos, localizada na primeira ilha grande ao sudoeste de Molag Mar. A entrada é virada para o sudeste, perto da costa, no lado leste da ilha. Porque eu falei isso? Simples, pra encher linguiça. Mas se quiser realmente encontrar a caverna, consulte o maravilhoso GPS de Morrowind.

A caverna é habitada por cinco bandidos hostis, incluindo três "conjuradores de magia", e nenhum daedra (sorte de quem for explorar a caverna). A caverna tem um número fodido de caixas, barris e jarros, visto que a caverna é bem pequena.

O tesouro que pode ser encontrado nessa caverna consiste em um monte de pergaminhos, poções, ingredientes de macumba alquimia, gold, gemas, roupas de grife, vários artigos diversos, jóias, armas .40, armaduras, sua mãe e tias, martelo de reparo de nível aprendiz (uma merda por sinal), itens mágicos, ash statues (não servem pra porra nenhuma, é só pra colecionar), skooma (dorgas manolo), moon sugar (açúcar da lua? Que viagem é essa?) e soul gems (gemas da alma, mas em português fica ridículo).

Além disso, tem uma cópia do livro de habilidade Destruction, o The Horror of Castle Xyr, que pode ser encontrado em uma mesa naquela sala a sudeste. E lá é possível encontrar as seguintes figuras:

  • Alavesa Samori, uma Dunmer Nightblade
  • Davis Nelaram, um Dunmer Battlemage
  • Khagra gro-Lurkul, um Orc Barbarian
  • Pilper Muspidius, um Imperial Nightblade
  • Pritia Plalocius, uma Imperial Warrior

Mat[editar]

Entrada de Mat, como todas as outras entradas do jogo.
Mapa de Mat. Caverna menor que o pênis de um japonês.

Cquote1.png Mat? Mas que merda de nome é esse pra uma caverna? Cquote2.png
Qualquer um sobre Mat

Caverna de bandidos que fica ao norte, sobre as colinas de Gnisis, mas é mais fácil achar a caverna pelo moderno GPS de Morrowind.

A caverna é bem pequena, e qualquer idiota com uma espadinha vagabunda e uma armadura furreca consegue passar por ela. Nela, vivem quatro bandidos, que são ridículos de fracos e que guardam itens ruins.

A maioria do tesouro dessa caverna é aleatório, mas consiste em armas enferrujadas, roupas rasgadas e ingredientes de alquimia.

Quem se esconde lá:

  • Bilen Velothril: O mais forte dessa caverna é de nível 4? Mas que merda!!
  • Boler Bandas: Nível 3? Não dá nem pro cheiro!!
  • Novrynea Falen: Haha, mas que piada! Nível 1? Essa biscate deve morrer com um peido de formiga!!
  • Ruvene Ulven: Nível 2? Você só não é pior que a de cima!!

Milk[editar]

Mapa da Via Láctea. É uma caverna de tamanho médio, ou seja, medíocre.
Porta de Milk. Por que não tem nem sequer outro modelo pra porta nesse jogo?!

Babel fish.gifTraduzindo: Leite
Babel Fish sobre Milk
Babel fish.gifTraduzindo: Gozo
Babel Fish sobre Milk

A caverna fica a oeste do ponto mais ao norte de Ald'ruhn e ao sul de Bal Isra. Ela é a casa de Arethan Mandas, o chefão da caverna, Um ex-nobre Redoran, que ficou P U T A S S O e resolveu ficar rebelde depois que sua filha desapareceu. Junto com os amiguinhos filhos da puta dele, ele é um agente desonesto, que cobra pedágio de viajantes que passam ali perto (bem otário).

Aliás, é uma boa ideia chegar ao Arethan Mandas por stealth, assim evitando de não lutar com os amiguinhos dele (não há passagem secreta nessa caverna). Quando a missão estiver completa, os amiguinhos dele não serão mais agressivos.

Há muito pouco tesouro em baús, tirando as coisas dos bandidos que você mata, alguns ingredientes, ferramentas de reparo, uma Greater Soul Gem em algum lugar perto das escadarias mais altas, um baú debaixo da água com um ou dois itens de ferro e um baú fechado e com armadilha perto de Arethan Mandas com uma os duas peças aleatórias de Orcish armor. Aliás, Arethan não é hostil (só se você bater nele, é claro), mas os capangas dele são.

A caverna tem 7 bandidos muito fortes, e todos são dunmers (só tem dunmer nessa porra?) que, quando morrem, em geral dropam armaduras e armas de papelão.

O objetivo da missão relacionada, The Mad Lord of Milk, dada por Athyn Sarethi, é acalmar esse imbecil e fazê-lo parar de incomodar os viajantes, seja mandando ele pro caixão (o jeito mais fácil) ou trazendo um amuleto dado pela filha dele (pra mostrar que ela tá viva) para o Arethan.

Missamsi[editar]

Entrada de Missamsi, que é igual ás outras cavernas.
Lugar grande pra caralho, mas pelo menos não tem labirinto.

É uma base da Sixth House. A caverna é até grandinha, e que tem até poça de lava! Fica a nordeste de Moonmoth Legion Fort. A caverna é localizada diretamente a leste, acima da montanha, no meio do caminho entre o Moonmoth Fort e Assarnatamat. Pra quem não entendeu nada, o maravilhoso GPS do Morrowind vai ajudar.

A caverna é populada por várias ash creatures chatas pra cacete, que no total são sete, mas não tem um único humano vivo na caverna. Na área a sudoeste, depois da poça de lava, tem uma sala com um Ash zombie e um corpo morto, que é o único humano dentro dessa caverna, mas que já bateu as botas, provavelmente as malditas criaturas mataram ele.

No defunto, tem armas, armadura, um item mágico ou dois, um lockpick e um pouco de gold. No lugar de metal perto do santuário, há pedaços de carne de corprus (eca!) em uma calha, e algumas armas, ouro e roupas na outra. Não se esqueça de pegar o bell hammer que vale 5000 de gold, que é muito dinheiro se você tiver meio fodido de grana.

Panat[editar]

Crystal Clear app xmag.pngVer artigo principal: Panat

Há tanto pra se falar de Panat que é melhor nem mencioná-la aqui. Muito cuidado! Esta é uma das pouquíssimas cavernas do jogo que não são chatas e entediantes: já a escolheram até para ser cenário de filme do Tom Cruise!

Yasamsi[editar]

Agora tu parou no cu de Seyda Neen no lugar mais tosco do jogo!

Pequena caverna de bandidos, fica ao sul de Hla Oad na Bitter Coast.

Tem dois dunmers, um curo redguard e, como sempre, um imperial que quer pagar de fodão. Além disso, eles só bebem, porque se você ver, lá tem uma cabaninha com mais de trocentas garrafas vazias caídas. Além disso, há um grande estoque de pinga (lá tem mais pinga do que em lugares com nords em Solstheim).

Ela tem goteira, tanto é que tem uma poça gigante e uns barquinhos, além disso tem muita bebida, água e muita cerveja e pinga, e uma rede de baiano pra nerds vagabundos / nerds gordos suados que jogam Morrowind na lan house teu carinha dormir e os baianos dummers ficam lá, só dormindo e bebendo.

Nossa, quanta caverna hein! São todas?[editar]

Claro que não, são só algumas. O problema é que vez ou outra alguém descobre mais uma...